segunda-feira, 26 de janeiro de 2009




Olá meninas e meninos do meu coração, como passaram o final de semana??? O meu foi bom e bem disciplinado, fiquei até admirada..r.sr.s.. Me pesei ontem e advinhem 68 kilos redondinho..rs.rs...uhuhuhuhuhu filissíssima com 300 gramas mais leve... E vamos a luta com dedicação e força de vontade....


Achei está materia super legal da pagina da uol - ciência e saúde de Suzana Esper... leiam e confiram


Desmonte as armadilhas que fazem você desistir da dieta


Veja o que dizem os especialistas sobre as justificativas mais comuns para desistir da dieta e o que pode ser feito para lidar com as dificuldades.


1) "Diminuir as quantidades é difícil, eu só fico feliz depois de um prato grande de comida"

R: Distribua melhor suas refeições, fazendo refeições de 3 em 3 horas. Se precisar, coloque o celular para despertar. Coma um prato de salada, com folhas e tomates, antes de ir para o prato principal. As folhas darão uma sensação de saciedade e o tomate tem baixo valor calórico. Verduras e legumes também ajudam no controle.


2) "Posso ficar sem comer no trabalho, mas à noite, sem ninguém por perto, perco o controle"

R: À noite deve-se comer duas horas antes de ir para cama, para não ficar com a sensação de estômago cheio. Faça uma refeição completa e equilibrada com salada, carboidrato, proteína e fruta, sempre de olho na quantidade. Nesse horário temos mais tempo e, além disso, comer ser uma forma de relaxar. Por isso, uma boa dica é, antes de jantar, tomar um banho.


3) "Não consigo ficar sem doce. Depois de uma semana de regime começo a sonhar com bolo de chocolate, quindim etc

R: Não é preciso ficar sem comer doce. O ideal é incluir uma pequena porção diariamente. O melhor doce, na opinião da nutricionista Ligia Henriques, é o chocolate ("é mais nutritivo e 'mata' mais rapidamente a fome de doce"). O melhor horário para ingeri-lo, segundo ela, é após o almoço.O conselho é reservar 140 kcal da dieta para este prazer: um Talento mini, ou dois Alpinos,por exemplo. Outro truque é consumir compotas light ou diet. Mas lembre-se: "diet" significa que um ou dois ingredientes foram eliminados da fórmula original, o que nem sempre é sinônimo de redução de calorias.


4) "Fico muitas horas sem comer e acabo comendo o que não devo"

R: O ideal é não ficar mais de quatro horas sem comer. O ideal é programar o cardápio diário e, se necessário, levar uma marmitinha para não correr o risco de comer bobagem, pois na rua é difícil encontrar opções mais saudáveis. Outro exercício importante é comer devagar e mastigar mais vezes, o que ajuda a controlar a quantidade ingerida. As pessoas que comem quando estão ansiosas, acabam engolindo a comida e ingerindo uma quantidade maior de alimentos. A regularidade nos horários da alimentação ajuda a manter o metabolismo em atividade, com isso o corpo está em constante trabalho, queimando calorias.


5) "Minha vida é muito corrida e fica inviável contar calorias o dia todo para manter o peso"

R: Contar as colorias é bem difícil, por isso é bom fazer um diário alimentar, anotar tudo o que se come, colocando os horários e as quantidades em medidas caseiras. Com isso, você ganha disciplina. Por outro lado, se a pessoa não está disposta a manter esse controle, não precisa contar calorias, nem pontos. Basta cuidar dos horários e da qualidade da alimentação (dando preferência a água, frutas, verduras, legumes, carnes e laticínios magros).


6) "Minha vida social é muito intensa e o ritmo de festas, happy hours e jantares com os amigos não ajuda no processo de emagrecimento"

R: Se você quer ou precisa manter esse ritmo social, não tem jeito. Vai ter que aprender a comer antes, levar algum lanchinho de casa e comer menos nos eventos. Também controlar muito bem a bebida alcoólica (diminuir a freqüência e a quantidade). Antes de um evento, reserve algumas "calorias" para o que irá consumir. Dê preferência a sucos, alimentos assados, carpaccios, saladas, rosbifes e refrigerante light.


7) "Cozinho para minha família e acabo comendo o que os outros, que não precisam emagrecer, costumam comer"

R: Faça mudanças na alimentação da família toda. O que ajuda a emagrecer é bom para a saúde de todos. Aprenda a se colocar em primeiro lugar. Algumas mudanças são simples - você pode comprar o leite integral para o marido e os filhos e o leite semidesnatado para você. Outra dica é experimentar a comida em mínimas quantidades e, na hora das refeições, diminuir um pouco a quantidade no prato.

6 comentários:

La Belle disse...

Muito interessante esse post amiga, e parabéns por mais essa semana de sucesso. Continue firme.

Beijos e uma excelente semana!!!

Aristela disse...

Shirley minha linda,obrigada pela visitinha....
Espero trocar muitas figurinhas com vc!
Muitos beijos!!
http://aristela.spaceblog.com.br

Ely. disse...

Parabens!!!!Adorei a materia.bjus!

Aristela disse...

oi lindaaa...tem uma brincadeirinha pra vc no meu blog...passa lá vai??
bjux!
http://aristela.spaceblog.com.br

Sofia disse...

Passe no meu blog para ver o post sobre a história do meu emagrecimento! Ficou muito legal! www.amorengorda.blogspot.com

Sofia disse...

Obrigada pelo recadinho. Se quiser perguntar algo do meu cardápio fique a vontade! Tem uma comunidade no orkut também, podemos criam um fórum de discussão lá sobre isso. http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=80570925